sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

"A morte do futebol"

O episódio da última quarta-feira na Arena Corinthians apena ilustra bem a decadência do modelo de arbitragem atual. ‘Errar é humano e perdoar é divino’, mas o brasileiro, embora tenha sido criado à imagem e semelhança do Criador, esquece da sua divindade quando o assunto é futebol.

CORINTHIANS x PALMEIRAS – Paulista - 2017
Resultado de imagem para thiago duarte peixoto
A atitude do árbitro Thiago Duarte Peixoto em expulsar o jogador Gabriel ao invés de Maycon foi de uma infantilidade que nos faz pensar: Onde está toda a preparação que a federações fazem com aqueles que deveria sair despercebidos de uma partida de futebol? Há várias incógnitas que precisam ser respondidas: Porque Thiago não foi até o quarto árbitro, limitando-se apenas a ouvir o assistente? A reação do elenco corinthiano não lhe mostrou pelo menos que algo não estava normal na sua marcação? Ao contrário disso ele olhava em volta assustado e repetindo para não esquecer ‘foi o Gabriel’. Mas o que mais choca na sua entrevista após a partida, é que em vez de se mostrar humano e preocupado com a verdade, ele enfatizou várias vezes que esperava que sua carreira continuasse, um triste relato de quem pensa antes em si do que no coletivo, pois seu erro correu o mundo.

BAHIA x FLAMENGO - Brasileirão 2013
Resultado de imagem para rosnei hoffmann scherer bahia flamengo
Se por um lado ele admitiu o erro, outro episódio recente no futebol brasileiro mostra bem a falta de caráter de quem deveria dar o exemplo dentro de campo. Na partida pelo brasileirão de 2013, durante jogada dentro da área do Flamengo, o auxiliar Rosnei Hoffmann Scherer levantar a bandeira e depois baixou, fazendo com que a defesa rubro-negra ficasse perdida no lance e o Bahia fez o seu gol. Um grande tumulto tomou conta do gramado com o árbitro validando o gol, afinal a bandeira havia validado o gol. Mas o que choca, e aqui é que na saída para o intervalo o assistente foi questionado pelo repórter da Globo e negou ter levantado a bandeira, fato desmentido pelas imagens da emissora.

PALMEIRAS x SPORT - Brasileirão 2009
Resultado de imagem para elmo arbitro vitoria palmeiras
Assim como este, outro erro gritante e escandaloso que envolve caráter aconteceu nesta partida. Em lance de ataque do time esmeraldino, o árbitro ELMO ALVES RESENDE CUNHA apitou e a defesa do Sport parou no lance, mas o ataque do Palmeiras continuou e marcou o gol, sendo validado pelo árbitro. Mesmo sendo o responsável pelo lance bisonho provocado por ele mesmo o juiz validou o gol, gerando muita revolta nos atletas rubro-negros. Falta de caráter em assumir o erro.


Este é o futebol brasileiro atual, se não bastasse a violência dos homens de nendertal, pois quem briga por futebol não tem cérebro, e agora mais os erros grotescos que nos levam a chegar a uma conclusão: pai de família, não gaste seu dinheiro suado levando seu filho ao estádio. Não estão nem aí para você ou para seu filho. Quem manda no futebol pensa apenas nas cifras, sem se preocupar com o que é reto ou com a verdade.